ENERGIA FOTOVOLTAICA CONECTADA A REDE ELÉTRICA

 

SISTEMA SOLAR GRID TIE

(Conectado a Rede Elétrica)

Casa.png
Rede.png

Segundo o Cadernos Temáticos ANEEL, Micro e Minigeração DistribuídaSistema de Compensação de Energia Elétrica – 2ª edição, a ANEEL através da Resolução Normativa ANEEL nº 482/2012 e a Resolução Normativa – REN nº 687/2015, a qual revisou a REN nº 482/2012 e a seção 3.7 do Módulo 3 dos Procedimentos de Distribuição de Energia Elétrica no Sistema Elétrico Nacional – PRODIST, define o Sistema de Compensação de acordo com o disposto nesses regulamentos, que a micro e a minigeração distribuída consistem na produção de energia elétrica a partir de pequenas centrais geradoras que utilizam fontes renováveis de energia elétrica ou cogeração qualificada, conectadas à rede de distribuição por meio de instalações de unidades consumidoras.

 

Para efeitos de diferenciação, a microgeração distribuída refere–se a uma central geradora de energia elétrica, com potência instalada menor ou igual a 75 quilowatts (kW), enquanto que a minigeração distribuída diz respeito às centrais geradoras com potência instalada superior a 75 kW e menor ou igual a 3 megawatt (MW), para a fonte hídrica, ou 5 MW para as demais fontes.

 

Importante ressaltar que, para unidades consumidoras conectadas em baixa tensão (grupo B), ainda que a energia injetada na rede seja superior ao consumo, será devido o pagamento referente ao custo de disponibilidade – valor em reais equivalente a 30 kWh (monofásico), 50 kWh (bifásico) ou 100 kWh (trifásico). De forma análoga, para os consumidores conectados em alta tensão (grupo A) será devida apenas a parcela da fatura correspondente à demanda contratada.

 

A energia gerada atende à unidade consumidora vinculada. Nos momentos em que a central não gera energia suficiente para abastecer a unidade consumidora, a rede da distribuidora local suprirá a diferença. Nesse caso será utilizado o crédito de energia ou, caso não haja, o consumidor pagará a diferença.

Quando a unidade consumidora não utiliza toda a energia gerada pela central, ela é injetada na rede da distribuidora local, gerando crédito de energia.

 

Grupo A: paga apenas a parcela referente à demanda.

Grupo B: paga apenas o custo de disponibilidade.

Compensação de energia.png

LEGISLAÇÃO

  • RESOLUÇÃO NORMATIVA n° 482/2012 e 687/15 da ANAEEL
Como conectar um sistema a rede.jpg

EXEMPLO DE POTÊNCIAS APENAS PARA REFERÊNCIA

 

  •     55 kWh / mês – ambiente com   1 pessoa
  •   110 kWh / mês – ambiente com   1 pessoa
  •   130 kWh / mês – ambiente com   2 pessoas
  •   180 kWh / mês – ambiente com   2 pessoas
  •   250 kWh / mês – ambiente com   3 pessoas
  •   370 kWh / mês – ambiente com   3 pessoas
  •   490 kWh / mês – ambiente com   4 pessoas
  •   600 kWh / mês – ambiente com   5 pessoas
  •   624 kWh / mês – ambiente com   5 pessoas
  •   850 kWh / mês – ambiente com   7 pessoas
  • 1200 kWh / mês – ambiente com 10 pessoas
  • 1248 kWh / mês – ambiente com 10 pessoas
  • 1340 kWh / mês – ambiente com 12 pessoas
  • 2500 kWh / mês – ambiente com 22 pessoas
  • 3000 kWh / mês – ambiente com 27 pessoas
  • 3500 kWh / mês – ambiente com 31 pessoas

 

APLICAÇÃO

 

  • Uso em Residências e Condomínios, Comércio, Indústrias, Sítios e Fazendas
  • Usados em telhados de fibrocimento, telha romana ou laje
FAÇA SEU ORÇAMENTO